NOVO MANIFESTO DOS ECONOMISTAS ATERRADOS (ACTUAL EDITORA, 2015)

Novo Manifesto dos Economistas Aterrados, do Colectivo de Animação dos Economistas Aterrados

::

Tradução do francês de Nuno Quintas. Revisão de Suzana Ramos. Edição da Actual Editora.

::

«Por uma dessas façanhas ideológicas cujo segredo detêm, os apóstolos do neoliberalismo imputaram a crise global à despesa pública excessiva, a um Estado social demasiado generoso e aos entraves à concorrência em mercados nunca suficientemente liberalizados. Silenciaram-se as incontáveis generosidades dadas aos ricos, aos nichos, a fraude e a evasão fiscais que destruíram a receita pública e afundaram os défices públicos.»